sexta-feira, 5 de junho de 2009

. de novo, e de novo, e de novo...


e mais uma vez estou sentada aqui, nesse chão frio, assistindo as paredes em volta de mim desmoronando. mas dessa vez eu não vou reconstruí-las. me assusta um pouco, a velocidade que o mundo gira. essa pressão toda tem me empurrado contra a parede diversas vezes... talvez por isso elas estejam começando a ceder... tá ficando cada vez mais difícil encontrar um abrigo, um teto sólido. mas eu também já cansei de tentar me enganar, me dizendo que procurando bem, eu o encontraria. a realidade é que isso tá aqui dentro. a segurança, o caminho certo, a felicidade não se encontra do lado de fora. talvez por isso goste tanto de escrever. não é bem uma saída. entendo mais como uma "entrada". é onde eu me encontro, me entendo. pelo menos quando quero ou preciso, releio, relembro, reescrevo e se necessário, amasso tudo e jogo no lixo. e, se eu quiser, quem sabe eu recomeço? (;

3 comentários:

  1. Seus textos são os melhores Thais. ;D

    ResponderExcluir
  2. esoanhar a magia sempre (y)
    obrigada liinda *.*

    Seu texto?incrivel...muito penetrante!
    Espero q o mundo gire um pouco mais devagar, ou q pelo menso vcoe consigua netnedre pq ele gira tão rapido. E q essa pressão diminua,senão..q acabe :D


    beeeijão

    ResponderExcluir
  3. carã *-----* , que blog lindo :)
    textos perfeitos , tudo mtmt perfeito.
    tô acompanhando.

    bjs:*

    ResponderExcluir