quarta-feira, 23 de setembro de 2009

. behind these hazel eyes


olhos claros, não cor de esmeralda, cor de quase topázio. tanto os descrevo, tanto me apaixono pelos mesmos a cada dia. me encantam, me distraem, me fazem esquecer que existe vida fora deles. e para quê as outras cores, se as mais belas estão refletidas neles? são diferentes de tudo o que eu já vi; me prendem, me fazem refém de algo que não quero me libertar. poucas coisas me cativam tanto como o bronze dos olhos seus, das algemas que me fizeram eterna prisioneira de minha sina particular. demasiadamente tranquilos, me fascinam de tal forma que, às vezes, por um breve instante, me esqueço de como respirar. não quero mais nada; não posso pedir mais nada; peço somente que nunca, nunca me liberte de meu cativeiro, de minha cela particular.

10 comentários:

  1. Que bom que gostou do meu blog !
    realmente são os erros que nos fazem aprender, e não errar em um aoutra oportunindade...

    - gostei demais do seu tb. parabens.
    BEijo

    ResponderExcluir
  2. "das algemas que me fizeram eterna prisioneira de minha sina particular."

    ain, adorei tudo o que escreves.. li alguns dos teus textos antigos.
    tudo lindo aqui, obrigada por comentar no meu cantinho.
    vou seguir ;*

    ResponderExcluir
  3. nossa, que perfeito, você escreve realmente bem, fiquei até meio assim em comentar, to sem palavras olha .

    ResponderExcluir
  4. os olhos pelos quaia me apaixonei são azuis...e me transmitem essas sensações que colocaste acima!
    lindo o texto!
    adorei

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida!!
    Obrigadaaa ;)
    O seu que é lindo, lindoo...

    Bom final de samana ;*

    ResponderExcluir
  6. Olá! Como vai?
    Obrigado por me achar por aí e ter comentado na primeira postagem.
    Pode ter certeza que esse não terá o mesmo fim que os outros coitadinhos, hahaha.
    =D

    Dei uma lida em seus textos. São muito bons. Você escreve muito bem. Vai direto para o meu "Vale a Pena Conferir" de blogs.

    Beijo! Até mais.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada pela visita! =)
    Adorei o seu cantinho..
    um beijo!

    ResponderExcluir
  8. muito bom o texto.
    Parabens .
    Gostei daqui.
    Tenha um feliz final de semana.,
    Maurizio

    ResponderExcluir
  9. "nunca me liberte de meu cativeiro, de minha cela particular."
    Ameei essa parte :)
    Talvez a gente não sobreviva num ambiente 'diferente'

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que lindo!
    Que poder esses olhos têm..

    Lindo mesmo, beijos.

    ResponderExcluir